As principais novidades do WordPress 3.0

Orignalmente blogado em: meiobit.com

O WordPress é, se não o maior, um dos maiores sistemas de blogs/CMS do mundo. A perfeita combinação entre ótimo sistema e comunidade ativa deu certo, e o que o WP não entrega por padrão, alguém cria um plugin ou hack para suprir. A cada grande lançamento, a Automattic acrescenta mais recursos ao sistema, e nessa constante evolução originada de várias frentes, quem ganha são os usuários.

Já em Beta 2, o WordPress 3.0, próxima versão do sistema, deve sair logo. Este será um dos maiores lançamentos da sua história, pois trará algumas mudanças significativas no projeto como um todo. Vamos ver algumas delas?

Novo tema: Twenty Ten

Twenty Ten em ação.Twenty Ten em ação.

Após cinco anos com o bom e velho Kubrick, o tema padrão do WordPress mudará. Desenvolvido pela Automattic com o intuito de tirar proveito de todos os recursos que o WP tem a oferecer, além de respeitar padrões Web e ter sido feito em cima de boas práticas, o Twenty Ten promete. Ele trará, ainda, algumas inovações internas do WordPress, como suporte a estilos na tela de edição de posts.

Tipos de posts

Inspiração no Tumblr? Provavelmente. Na nova versão, o WordPress permitirá a criação de “tipos de posts” variados. Até a atual (2.9), o sistema oferece duas possibilidades: posts regulares e páginas (posts fora da cronologia). Já na versão 3.0, o desenvolvedor poderá criar tantos templates quanto lhe sejam necessários, a fim de variar a cara das publicações, mais ou menos como o Tumblr trabalha por padrão. (Mais informações, em inglês).

Custom post types.Custom post types.

Gerenciamento de menus

Mais uma facilidade aos que têm aversão a linhas de código. O menu principal ganhou uma nova chamada, de modo a permitir que seja configurado através da área administrativa, visualmente, via arrastar-e-soltar, mais ou menos como funciona hoje os widgets.

Gerenciador de menus.Gerenciador de menus.

Taxonomias personalizáveis

Recurso específico para desenvolvedores, e talvez difícil de entender para os que não são. Resumindo (e corrijam-me se eu estiver errado; não sou desenvolvedor :-P ), taxonomias são meta dados que ajudam na organização de posts. Até hoje, tínhamos apenas os pré-definidos pelo WordPress, como categorias e tags; agora, será possível criar novas, o que permitirá a criação de filtros e uso geral de informações de maneira mais abrangente e eficiente.

Pegando carona num exemplo do Mashable (fonte inspiradora deste post, aliás), imagine, num blog sobre cinema, a criação da taxonomia “Classificação etária”, onde os autores definiram-na em cada post/filme: Livre, 10 anos, 12 anos, 16 anos, 18 anos… Essa é apenas uma das quase infinitas possibilidades que essa novidade permitirá.

Múltiplos blogs

Uma das mudanças mais drásticas, o WordPress 3.0 substitui não apenas a versão 2.9, mas também o WordPress MU. Isso significa que, a partir de uma instalação, com poucas configurações, será possível rodar dois ou mais (muito mais!) blogs a partir de uma mesma instalação. É como se cada blog rodando WordPress ganhasse, da noite para o dia, a capacidade de virar um “WordPress.com”.

Segundo o site oficial, o WordPress 3.0 sai em maio. Como sempre acontece, após a atualização alguns plugins terão problemas, mas apenas até que seus desenvolvedores os atualizem. Antes de fazer a atualização, lembre-se do backup. E caso já queira testar as novidades, o Beta 2 está disponível publicamente.

Para acompanhar os Downloads do WordPress 3.0 em tempo real acesse:

http://wordpress.org/download/counter/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *